quinta-feira, 17 de junho de 2021 18:36

INÍCIO | LINKS ÚTEIS | TRABALHE CONOSCO | CONTATO


Partilhamos o verdadeiro sentido da Páscoa

Seção:
Postado em 17/04/2014

Hoje o assunto não está diretamente relacionado ao Direito e as leis propriamente ditas que regem a nossa vida em sociedade. Hoje o assunto é sobre o real sentido da Páscoa que se aproxima.

A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes do nosso calendário. Atualmente, tornou-se uma data tão comercial, que poucos lembram ou conhecem seu verdadeiro significado.

Para além dos chocolates e presentes, a origem do termo remonta a aproximadamente 1.445 anos antes de Cristo. Neste período, de acordo com a Bíblia, os descendentes de Abraão, Isaque e Jacó viviam como escravos há mais de quatrocentos anos no Egito. A fim de libertá-los, Deus designou Moisés como líder do povo hebreu (Êxodo 3-4).

Por isso, Páscoa significa passagem. E isto nos faz refletir. É tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que a cerca. Também é tempo de refazer planos, reconsiderar os equívocos e retomar o caminho para uma vida cada vez mais feliz.

Gosto muito do compositor e cantor mineiro Beto Guedes, quando diz, na música Sal da Terra: “Tempo, quero viver mais duzentos anos. Quero não ferir meu semelhante, nem por isso quero me ferir. Vamos precisar de todo mundo pra banir do mundo a opressão, para construir a vida nova vamos precisar de muito amor. A felicidade mora ao lado e quem não é tolo pode ver. Terra, és o mais bonito dos planetas. Tão te maltratando por dinheiro, tu que és a nave nossa irmã. Canta, leva tua vida em harmonia. E nos alimenta com teus frutos, tu que és do homem a maçã (…)”.

Nesta data, as vibrações estão centradas na comemoração da “Páscoa – Passagem” e as energias geradas nestas celebrações estão voltadas para os processos de libertação, partilha e comunhão com o Sagrado e o renascimento.

Portanto, lembremos, não somente nesta data, mas em todos os dias, o verdadeiro significado da Páscoa. Aproveitemos este momento fazendo uma imersão. Vibremos nestas energias, libertando-se do que não tem mais sentido e preparando-se para renascer para uma vida melhor, renovando nossos votos de fraternidade na fé e na religião.

Nesta páscoa, que a paz e o espírito de renovação estejam presentes em nossos corações, abrindo novos caminhos, outras possibilidades e trazendo a certeza de que uma nova etapa muito mais próspera e abundante se inicia!

Eduardo Kümmel

Advogado – Diretor da Kümmel & Kümmel Advogados Associados