quarta-feira, 16 de junho de 2021 20:27

INÍCIO | LINKS ÚTEIS | TRABALHE CONOSCO | CONTATO


Protesto pela paz!

Seção:
Postado em 18/08/2011

Se eu fosse transpôr para este artigo toda minha preocupação com as ondas de violência que estão acontecendo diante dos meus olhos, teria um fardo muito pesado. Minha vontade de tecer comentários sobre o tema é imensa e me puxa para o centro das discussões que deveriam ter resultados mais palpáveis.

A violência é um fenômeno antigo que vem se espalhando rápido e silenciosamente. Quanto menos esperamos, eis que ela nos envolve e nos põe muito perto de uma avalanche de vergonha.

Quem está acompanhando as notícias de Santa Maria e região sabe bem do que estou falando. São três os fatos mais recentes: a morte do componente do grupo de samba “Os Velhos Seresteiros”, de forma trágica e violenta em plena calçada de uma rua conhecida no centro da nossa cidade. Em seguida, jovens se envolvem em briga no calçadão de Santa Maria, lugar que sempre foi um símbolo cultural da cidade, onde teoricamente as pessoas se encontram em um espaço de convivência. Por último, o assassinato covarde de um estudante universitário, também no ponto mais central da nossa cidade.

Olhem a nossa volta e percebam no que está se transformando a nossa sociedade e o espaço em que vivemos. A revolta está dentro de mim e da maioria das pessoas que vivem por aqui. Quem seriam os culpados? Os políticos e seus comparsas? Nossos ancestrais, que dividiram de forma injusta as terras e os bens, criando as desigualdades sociais? Ou seríamos todos nós que somos acostumados a apontar e acusar, que escolhemos nossos governantes sem o mínimo de cautela e que a todo momento olhamos para os menos favorecidos com olhar de indiferença?

Meus caros, precisamos arregaçar as mangas e enfrentar o problema da violência. Somos capazes de corrigir erros, e ainda há tempo. Nós, cidadãos brasileiros, precisamos viver com segurança e o primeiro passo é a consciência: consciência para escolher nossos governantes, para ajudar os mais necessitados, para denunciar crimes e injustiças, para exigir direitos e cumprir deveres. Porque somente assim este país pode ir em frente!

Posso dizer que a minha Santa Maria está no caminho certo. A manifestação pela paz ocorrida na última segunda-feira, me encheu de orgulho e demonstrou que a violência que está invadindo nossas casas não terá vez e não se propagará. É por meio deste tipo de atitude coletiva que semearemos a semente da paz.

Eduardo Kümmel
Advogado – Diretor da Kümmel & Kümmel Advogados Associados