quarta-feira, 16 de junho de 2021 21:08

INÍCIO | LINKS ÚTEIS | TRABALHE CONOSCO | CONTATO


Saudades do meu amigo Renato Cataldi

Seção:
Postado em 27/04/2012

Dia 20 de abril completa cinco anos que meu amigo Renato Cataldi faleceu.
É importante destacar, meu caro, que a vida nunca mais foi a mesma sem suas tuas risadas, sem tua amizade, teu carinho, teu otimismo, tuas comidas, nossas conversas sobre cavalo crioulo…
Cataldi, além de exímio cozinheiro, médico renomado, filho, marido e pai exemplar, deixaste aqui teu legado de amigos, parentes e lembranças, que nos faz sentir como se ainda estivesses aqui presente.
Como dizias no teu livro, o Nego Simão continua galopando pela vida, domando potros, arrumando fazendas, aquecendo pelegos e mulheres, mostrando que a vida é uma jornada em que ora caímos, ora levantamos, vivemos, amamos e que, o que nos faz falta são as alegrias do convívio fraterno que tivemos, não os bens adquiridos, e sim as amizades conquistadas.
Turquinho querido, partiste cedo demais, deixaste muita saudade, nos anestesiava com tua alegria, teu riso fácil, teu carinho, teu amor e toda felicidade que transmitia. Creio que todos que conviveram devem sentir a mesma coisa!
Em nossas conversas sobre cavalo crioulo, vi que não entendia quase nada da raça e com toda calma me explicaste. A égua que me deste parece saber da responsabilidade eterna de cuidar de mim e de minha família, que com sua tranqüilidade nunca nos derrubou.
A vida nos prega peças e a tua partida prematura foi uma delas, meu amigo, quando a brisa bate no meu rosto me arrepio, meu coração dispara, parece que estás me olhando das estrelas, que é onde deves estar, parece que a qualquer momento vais aparecer sorrindo dirigindo seu Clio, juntamente com o seu Nego Simão, perguntando se precisa abrir a porteira. Sinto saudades de ti e do tempo que não volta mais.

Eduardo Kümmel
Advogado – Diretor da Kümmel & Kümmel Advogados Associados