quarta-feira, 28 de junho de 2017 16:10

INÍCIO | LINKS ÚTEIS | TRABALHE CONOSCO | CONTATO


Sobre gestão e sucessão nos negócios rurais

Seção:
Postado em 02/09/2016

Quando pensei em compartilhar novamente este assunto com vocês leitores, não pude deixar de me lembrar da quantidade de orientações que realizamos toda semana sobre gestão e sucessão na empresa rural familiar. Isto significa que ainda precisamos esclarecer e relembrar alguns pontos fundamentais para o sucesso e o bom andamento deste tipo de negócio.

Então vamos começar recapitulando alguns temas básicos. O primeiro deles que é “gestão”, termo que está bastante em voga no momento, principalmente na mídia. De uma forma simples, gestão é todo processo de administrar um negócio, orientado por um conjunto de processos que envolve estratégia, planejamento, alocação de recursos, tudo isto em busca de resultados. Ou seja, tudo aquilo que você mesmo faz lá na sua empresa, seja ela de que tipo for, diariamente, que envolve esforços para o resultado é uma forma de gestão.

Já o termo “sucessão” envolve preparar a empresa para receber um novo comando Neste caso, a atenção precisa redobrada, para que não haja choques de gerações e interrupção do andamento dos negócios.

No caso da gestão e da sucessão na empresa rural, que é foco de toda esta minha “fala”, o empresário precisa estar muito atento. Isto quer dizer, que é necessário atender diversas áreas com o máximo de eficiência, tanto na produção quanto na comercialização dos produtos.

Estamos na era no pensamento estratégico e isto exige do empresário rural uma postura voltada à resultados positivos. Digo isto porque não basta mais ter a melhor produtividade, é preciso atentar para o controle dos custos, à administração tributária e à uma série de questões que influenciam diretamente no andamento dos negócios.

Mas aí surge a pergunta: diante deste cenário, o que fazer? Ora, nobres empresários esta é uma questão que não pode mais ser resolvida debaixo de um só teto. Trabalhar ouvindo mais do que falando, buscar o bem comum da empresa e utilizar bons processos de gestão são pontos que se complementam e aumentam a chance de bons e lucrativos negócios.

Por fim, cumpre reiterar que o sucesso dos negócios do campo deve única e tão somente da visão dos empresários que precisam avaliar a melhor maneira de estruturar seus processos de gestão, em conformidade com a situação da empresa rural.
Mãos à obra!

Eduardo Kümmel
Advogado – Diretor da Kümmel & Kümmel  Advogados Associados